Hérnia do Esporte

Hérnias inguinais ligadas a problemas do quadril

Hérnia do esporte, Sports Hernia

Poderia haver uma ligação entre hérnias do esporte e problemas no quadril em atletas?

Segundo pesquisadores do departamento de ortopedia da Universidade de Virginia, a resposta é "sim".

Hérnias do esporte, uma ruptura dos músculos oblíquos do abdomem, são uma causa comum de dor na virilha em atletas, mas pouco se sabe sobre por que ocorrem.

Um estudo realizado na Virginia(EUA) sugere que uma condição chamada síndrome do impacto femoroacetabular (IFA), essencialmente o atrito entre a cabeça do fêmur e o osso da bacia (acetábulo) pode ser um fator contribuinte.

Os pesquisadores analisaram os prontuários de 43 pacientes submetidos à cirurgia para reparar hérnias de esportes entre 1999 e 2011. Desses pacientes, 37 (86%) apresentaram evidência de algum tipo de impacto femoroacetabular em exames de ressonância magnética, tomografia computadorizada ou raios-X.

"Nosso estudo mostrou que os pacientes com impacto femoroacetabular tendem a ter uma mudança na biomecânica do quadril, que, por sua vez, leva ao estresse aumentado em toda a virilha", o autor Kostas Economopoulos, MD disse em um comunicado de imprensa 13 de julho.

"Com estas tensões, uma hérnia do esportes é mais provável de ocorrer."

Ele acrescentou: "Esperamos que nosso estudo encoraje os médicos que tratam hérnias do esporte e dores crônicas na virilha, em atletas continuar a investigar a possibilidade de impacto femoroacetabular, e, por sua vez, pode recomendar as melhores opções de tratamento para esta condição."

O estudo foi apresentado na reunião anual da American Society for Orthopaedic Sports Medicine, em Baltimore.

Impacto Femoroacetabular no atleta: padrão de lesões secundárias compensatórias

david.gusmao.ortopedia.impacto.femoroacetabular.atleta

O impacto femoroacetabular (IFA) é uma causa de dor inguinal no atleta muito bem documentada e com tratamentos com altos índices de sucesso.

Nesse artigo é demonstrado diversos padrões de lesões compensatórias, ou seja, lesões causadas de forma indireta pelo impacto femoroacetabular.

É muito comum vermos, no meio esportivo, atletas com lesões crônicas de osteíte púbica, pubalgia, distensões na virilha ou "virilha aberta" que não melhoram com nada. O que pode estar causando essas alterações? Será que são alterações primárias ou secundárias?

Recentemente Feeley et Al relataram a "tríade do quadril do esporte", que consiste em lesão labral, estiramento de adutores e do tendão do reto anterior da coxa. Essa tríade seria causada pelo IFA, mais um exemplo da relação entre esses achados.

A principal causa da sobrecarga de outras articulações e músculos é a falta de amplitude de movimento do quadril com IFA. Quando o quadril está com seu movimento bloqueado ocorre uma sobrecarga com maior movimento na coluna lombar, articulações sacroilíacas, sínfise púbica e subluxações de quadril. Devido a essas alterações as forças musculares através do quadril ficam muito alteradas.

Lesões compensatórias do Impacto Femoroacetabular: Osteíte Púbica; Hérnia do Esporte; Inflamações nas articulações sacroíliacas; Lesões Musculares; Subluxação posterior do Quadril; Lesões e dores na coluna lombossacra.

Felizmente, estamos evoluindo muito na área do esporte, medicina regenerativa e no entendimento da articulação do quadril, principalmente em pacientes de alta performance como os atletas e esportistas não profissionais.

1.Voos JE, Mauro CS, Kelly BT. Femoroacetabular Impingement in the Athlete: Compensatory Injury Patterns. YOTOR. Elsevier Inc.; 2010 Dec. 1;20(4):231–236.

 

 

Atenção: As informações contidas no site expressam a opinião do autor. As opiniões não tem vínculo com nenhuma instituição. As informações aqui contidas não substituem a avaliação médica. O médico não pode realizar diagnóstico e tratamento a distância ou por e-mail. Consulte um médico sobre problemas pessoais específicos.