.title-desc-wrapper .dt-published.published.post-date { display: none; }

Avaliação dos joelhos

David Gusmão | Cirurgia de Quadril e Videoartroscopia

Diagnosticar problemas no joelho pode ser algo complicado, em parte por causa do grande número de possíveis causas da dor. Além disso, os pacientes nem sempre são capazes de identificar a exata localização da dor, e as lesões nem sempre são claramente visíveis em exames de imagem.

Em algumas situações, o exame físico e as informações que o paciente fornece ao médico podem ser suficientes. Mas a maioria dos diagnósticos exige pelo menos um raio X e, em alguns casos, o médico pode recomendar exames que definam melhor as imagens e testes de laboratório para determinar a causa e extensão dos danos. Mas esteja ciente de que os testes, tais como ressonância nuclear magnética (RNM), podem não ser conclusivos.

Perguntas importantes para fazer sobre os sintomas da dor: Tão importante quanto qualquer exame, é a descrição precisa de seus sintomas. Durante o exame, o médico faz muitas perguntas sobre a sua dor, e você deve tentar responder com precisão a todas elas. - Tente descrever o local da dor de forma tão precisa quanto possível. Isto nem sempre é fácil. Em grandes articulações sua dor pode ser difusa, irradiando de uma área para outra, dificultando a localização da área. - Como você sente a dor? Ela parece uma “pontada”, ou “queimação” no local? Você já teve alguma dor semelhante em outras articulações? Pense sobre essas perguntas e responda com a maior precisão possível. - Quando a dor começou? Houve algum trauma para ela surgir? Alguma lesão, doença ou febre, ou uma mudança na atividade que pode ter desencadeado a dor? Você pode andar normalmente? Há inchaço no local da dor? - Quando a dor ocorre? Na parte da manhã ou na parte da tarde? A dor é constante? - A dor incomoda quando você se deita? Ela passa quando você se senta ou descansa? - Existem outros sintomas? Você tem problemas em estender (esticar) ou dobrar o joelho?

Responda também outras perguntas sobre doenças e medicamentos que você já tenha tomado ou sofrido, todas as informações são necessárias ao médico.

Examinando o joelho O médico irá avaliar a descoloração e o inchaço do seu joelho além de avaliar como está a função do seu joelho. Enquanto você faz várias posições, o médico move a perna para avaliar cada faixa do movimento do joelho, força muscular e possíveis alterações.

Mesmo que apenas um joelho doa, o médico examina os dois joelhos para comparação. Se o joelho está muito inchado para o exame clínico, seu médico poderá agendar uma consulta de acompanhamento, além de querer avaliar a relação de seus joelhos a seus quadris, medindo o seu ângulo como na figura:

O médico também avalia a função dos nervos e circulação em suas pernas, e a partir disso pode pedir mais exames para aprofundar o diagnóstico.

Fonte: Livro Knees and Hips

Atenção: As informações contidas no site expressam a opinião do autor. As opiniões não tem vínculo com nenhuma instituição. As informações aqui contidas não substituem a avaliação médica. O médico não pode realizar diagnóstico e tratamento a distância ou por e-mail. Consulte um médico sobre problemas pessoais específicos.